Bio

Statement

EX PUNK ME é uma persona encabeçada por Márcio Vasconcelos, (Taquarituba, SP Brasil - 1984) artista transdisciplinar, interessado em tatuagem, arte educação, manifestações estéticas e sonoras. Trabalha de forma autodidata, desdobrando pesquisas que podem se configurar em performance, intervenção urbana e arte multimídia.

Suas primeiras composições  artísticas tiveram influências do punk, onde fez parte do circuito underground, no interior de São Paulo e posteriormente em Osasco/SP.

Também realiza trabalhos como ator, diretor, técnico de teatro e músico independente. É colaborador da Estação de Trabalho La Plataformance e integrante da banda de ruídos Corações Inéditos.

Suas performances atravessaram diversos contextos no Estado de São Paulo, bem como em outros Estados do Brasil, razão pela qual cabe destacar: Residência Nuvem, Corpos Urbis, Galeria Transparente, Festival La Plataformance e etc. 

É o desejo de estreitar o diálogo com a arte e tentar dar a ela, a partir da minha experiência, um olhar menos encerado e mais espinhoso, para me aproximar e arrancar coisas de dentro. É manifestar as coisas de dentro.

É para me entender, é para brincar de "ser" metáfora, é "dar cria", é encontrar outras formas de representar, é não representar, é deixar que a ação, a vulnerabilidade, a inércia, o risco, o tempo, a vida tome conta daquele instante, [minimamente].

É encontrar na paisagem do cotidiano um espaço e me fazer caber, é nunca achar que o "artista" é a última bolacha do pacote.

É sobre pregos, tomates, papel kraft, bandeiras pretas, agulhas, língua, molduras, gesso, lâmpadas incandescentes, cimento, contrabaixos quebrados, repolho roxo, brinquedos artesanais antigos, clichês, tipografia, saliva, força...e também sobre  dificuldade com as palavras, sobre fobia do contato entre agulha e veia...é sobre a falha.

                              Márcio Vasconcelos aka EX PUNK ME

© 2020 por expunk.me